Região de Atuação

Galerias de Imagens

Genômica da conservação da ariranha


Equipe Responsável


EQUIPE RESPONSÁVEL

Coordenador e Responsável Técnico
Dr. Eduardo Eizirik

Equipe executora
Vera de Ferran
Cristine S. Trinca

 

Descrição

Genômica da conservação da ariranha (Pteronura brasiliensis): avaliação da conectividade entre populações remanescentes nos biomas Amazônia, Cerrado e Pantanal com ênfase em ações do Plano de Ação Nacional

Apesar da ampla distribuição geográfica, a ariranha é considerada extinta em grande parte de sua distribuição histórica, estando atualmente restrita a subpopulações pequenas e fragmentadas, com evidências de marcada diferenciação genética (Pickles et al. 2011, 2012). A espécie é classificada como ameaçada de extinção, apresentando tendência de declínio populacional (Groenendijk et al. 2015, MMA, 2014). Estima-se que as maiores populações estejam na Amazônia e Pantanal, e são ainda pouco  compreendidos os padrões históricos e atuais de conectividade entre estes dois biomas. Isto é agravado pela falta de conhecimento sobre a espécie no bioma Cerrado, o qual pode representar um importante corredor entre as principais populações remanescentes.

O presente estudo visa investigar a ocorrência de ariranhas neste bioma, bem como avaliar a diversidade, conectividade e diferenciação entre as populações remanescentes nos três Biomas através de análises genômicas. As questões abordadas neste estudo atendem a diferentes ações propostas no PAN Ariranha, e fornecerão dados importantes para o delineamento futuro de estratégias para a conservação desta espécie e de seus habitats.

O projeto teve início em julho de 2017, com a escolha de áreas e estabelecimento de parcerias para a realização do trabalho de campo. Estão sendo realizadas campanhas de campo para a coletada de material (tecido e fezes) para as análises genômicas. As áreas escolhidas estão localizadas no bioma Cerrado e em zonas de transição entre este bioma e o Pantanal e a Amazônia.



Para maiores informações visite o site do projeto http://